A Fartal e os pseudointelectuais


Os Lek Lek’s, Naldo… Confesso que nenhuma das atrações da Fartal 2013 fazem o meu estilo ou transmitam poesias em suas canções, porém as críticas dos “pseudointelectuais de Foz do Iguaçu” sobre a festa – assim como em todos os anos – me irritam um pouco.

O objetivo da Fartal – que marca as comemorações do aniversário do município – é ser popular e, para isso, por que não trazer atrações populares? É crítica de gente egoísta e que nunca está satisfeita com nada. O que vocês querem? Atrações que agradam a minoria? Elitizar uma festa popular? E o pior de tudo: tenho lá minhas dúvidas se no dia que alguma destes “sonhados” artistas subirem ao palco da Fartal, esta gentinha irá mesmo prestigiá-la, afinal se trata de uma “festa do povão”, não é mesmo?

Passou da hora de ficar pensando apenas no umbigo. Se você quer assistir um show “mais requintado”, não procure isto numa festa popular, ou melhor, apenas não fique reclamando pelos cantos com seus amiguinhos intelectuais. Abra a mente!

Anúncios

Um pensamento sobre “A Fartal e os pseudointelectuais

  1. Teve show de qualidade sim e faltou muito intelectual no dia lá pra ir pagar no outro local que é mais cool, Fazer o quê né!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s