Um shawarma, um kibe e um guaraná na JK


Estava hoje resolvendo assuntos “formaturísticos” pelo Centro, quando me bateu aqueeela vontade de comer um shawarma grande e gordo. Na verdade desde quando vim para Foz tenho essa admiração por tudo o que é relacionado ao mundo árabe. Lembro como era era fascinante ver aquelas mulheres andando com lenços na cabeça, bem na época do sucesso da novela “O Clone” (uma das poucas que eu assisti na vida, por sinal) e o mistério sobre os atentados do World Trade Center eram manchete nos noticiários. Para se ter ideia, nos meus tempos de Barão, até “desviava” o caminho (para um bem mais longo), só para passar mais próximo da Mesquita e tomar aquela água geladinha e abençoada (?)

Bom, mas voltando para a quinta-feira (9). Resolvi conhecer um local novo (pelo menos para mim): a Casa da Esfiha Turquia, na Avenida JK. Na verdade ia em uma das outras duas concorrentes do local, mas lá estava muito quente, e ainda percebi que iria demorar a ser atendido. Ao entrar, uma pequena gafe. Não sei se puxo ou empurro a porta. “Eu lá iria saber que a porta era de correr?”. A atendente me ajuda.  E lá está uma maravilha de lugar: fresquinho, com uma puta TV de plasma ligada no jornal (e pasmem… em canal brasileiro). O atendimento é super-rápido.

O único problema é que no cardápio não acho o preço do shawarma, e pergunto à moça:

– O de carne é R$ 4.

– Ele tem cebola?

– Não. Mas se quiser colocamos.

– Não, eu não quero cebola.

– Ok. Mais alguma coisa?

– Do que é esse kibe recheado?

– Um momento. É o meu segundo dia aqui…

(1 minuto depois)

– Não tem recheio. É só de carne mesmo.

– Ok. Vou querer um também.

– Só isso?

– Só.

(5 segundos depois)

– Ah, e me traz uma lata de guaraná Antárctica enquanto isso?

– Copo ou canudo?

– Copo. Pode ser copo.

– Ok.

O shawarma chega e ela me oferece pasta de alho. Aceito e penso: “pelo jeito, ela já está aprendendo bem como funcionam as coisas aqui”. Enquanto isso fico imaginando o diálogo da moça com os donos e as cozinheiras da casa. Pelo jeito, todo mundo ali fala árabe, ou no máximo um português sofrível. Está tudo  muito bom. Na verdade, a minha fome é grande para ficar reparando em qualquer coisa. O guaraná está estupidamente gelado, na medida. Depois chega o kibe, sobre um prato enfeitado com folhas de alface e alguns pedaços de limão. Após algumas mordidas, detecto alguns pedaços de cebola no “recheio”. Fazer o que, né? Nunca fui de reclamar. Se fosse em casa até reclamaria, mas com certeza minha mãe diria: “Eu piquei bem pequenininha. Não dá nem pra sentir o gosto”. Ué, se não é pra sentir o gosto por que coloca né? Afinal, ok. Tuudo bem!

Quando pago e saio da lanchonete, percebo que o lugar é maior do que eu pensava. Há um outro ambiente com mesinhas de madeira. Legal, tomara que dê certo e que a avenida seja suficientemente capaz de sustentar a dura concorrência de três “casas de esfiha” na mesma quadra. Enquanto isso o Beduínos faz a festa aqui pela Vila A.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Um shawarma, um kibe e um guaraná na JK

  1. Adorei sua postagem Vacy. Quantas saudades de Foz e de você tambem -Claro! rs O seu Humor perpetua pelo visto… “Eu piquei bem pequenininha. Não dá nem pra sentir o gosto”. Ué, se não é pra sentir o gosto por que coloca né?
    Que saudades do tempo do nosso “Barão” E voce entrou pra o mundo Jornalistico mesmo heim?!!! Bem sua cara!
    Enfim, tudo de bom
    muito sucesso, Adorei!

    Bjs;
    Baianaa

    • Baiana!
      Quanto tempo!?
      Como está?
      Pois é, esse texto é bem daqueles tempos de Barão ainda…que bom que se identificou!
      Então né..me formando esse ano..e você como está?
      Beijo!

  2. HUMMM, QUE ÁGUA NA BOCA ME DEU, QDO VI NOVAMENTE ESSA CASA DA ESFIRRA, FUI VISITAR AS CATARATAS, E NA VOLTA “MORRENDO DE FOME”, INVENTAMOS DE PASSAR AI SEM CONHECER NADA, FOI O MELHOR LUGAR EMQUE PARAMOS….SHAWARMA ERA NOSSO ALMOÇO E NOSSA JANTA! MTO BOM…PENA QUE NÃO TEM AQUI EM DOURADOS-MS

    • Olá Thays!
      Obrigado pela visita!
      Realmente, uma boa comida árabe nunca vai mal!
      eahehae…. Quem sabe um bom negócio aí para a sua cidade?
      Abraço!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s